Nomes Para Empresas: Geradores e Dicas Para Criar o Seu

 

Escolher nomes para empresas é uma tarefa árdua, mas essencial.

Se você está quebrando a cabeça com esse problema, não se preocupe: nossas dicas vão ajudar na obtenção de insights.

De modo geral, nomes para empresas devem ser curtos e fáceis, precisam impactar o público-alvo e ter relação com o produto ou serviço oferecido.

Assim, a empresa ganha uma vantagem competitiva perante a concorrência e pode construir a marca de maneira adequada.

Ficou interessado?

Siga com a leitura e descubra a importância dos nomes para empresas e como criar o nome ideal para o seu negócio.

Importância dos nomes para empresas

A definição de nomes para empresas é um passo essencial no empreendedorismo.

Afinal, o nome é o fator que causa impacto no consumidor no momento em que ele entra em contato com a marca.

Em um artigo para a revista Inc, Adam Fridman, fundador da agência Mabbly, afirma que relacionamentos são ditados pelas primeiras impressões.

Então, de acordo com ele, causar um forte impacto imediato é necessário para o sucesso da marca.

“A primeira coisa com a qual o consumidor interage é o nome, então, ele tem que transmitir a mensagem correta. Tem que impressionar o público”, destaca.

Assim, o nome é crucial para transmitir a personalidade, o espírito e os valoresda empresa.

Em outras palavras, ele precisa estar relacionado com a essência da organização.

Isso porque o nome é o elo entre a marca e o cliente, de modo que a empresa permaneça na lembrança dos clientes, sendo associada diretamente ao segmento em que atua.

Quanto mais eficiente é o nome da empresa, maior a vantagem competitiva que ela tem sobre a concorrência.

Já a especialista em gerenciamento de pequenos negócios Jean Murray destaca, em um artigo para a revista The Balance, que o nome da empresa é importante porque precede todas as outras decisões legais do negócio.

Segundo ela, nomes para empresas são o primeiro passo para criar, por exemplo:

  • Cartões de visita e formulários de escritório
  • Materiais de publicidade e marketing
  • Site para a empresa.

Além disso, a definição de nomes para empresas é uma etapa fundamental do branding, que é o processo de criação da marca, juntamente com slogan, identidade e posicionamento.

O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) define a marca como DNA da empresa, responsável por conectar o cliente ao produto.

“Por isso, ela precisa demonstrar a capacidade do negócio para atender às necessidades do consumidor, garantindo satisfação e melhor experiência de quem escolhe o seu empreendimento”, diz o Sebrae.

Como criar nomes para empresas

Em dúvida sobre como criar nomes para empresas?

Na sequência, confira cinco dicas para esse momento.

1. Prefira nomes curtos

O ideal é que nomes para empresas sejam curtos, simples e de fácil pronúncia e escrita, pois isso ajuda os consumidores a lembrarem das marcas.

Em uma entrevista para a revista PEGN, Jaime Troiano, especialista em marcas, afirma que, embora existam exceções, em geral, é mais fácil pronunciar o nome quando é curto.

Outro detalhe é a própria sonoridade da palavra.

“Empresas com nomes não sonoros levam os consumidores a dizê-los de formas diferentes ou a precisarem aprender a pronunciá-los. Esse erro é frequente e deve ser evitado. Opte por palavras com sonoridade para evitar a má interpretação pelos consumidores”, orienta.

2. Desperte a curiosidade do consumidor

Em um artigo, o Sebrae aponta que, na decisão pelo nome, é preciso levar em conta aspectos que despertam no público-alvo a curiosidade de conhecer a empresa e adquirir seu produto ou serviço.

Por isso, o nome deve estar alinhado ao posicionamento de mercado e à identidade visual da empresa.

“O nome ideal é aquele que tem apelo entre os consumidores, se diferencia dos concorrentes, é pronunciável e facilmente escrito”, diz a instituição.

3. Faça questionamentos sobre o negócio

No mesmo artigo, o Sebrae destaca algumas perguntas que você deve fazer na hora de criar o nome para a empresa:

  • Quais palavras relacionadas à empresa despertam a atenção do público-alvo?
  • Qual termo descreve melhor o serviço ou produto?
  • Quais são os nomes dos concorrentes? Existe um padrão de nomes?
  • Quais símbolos, figuras ou personagens representam bem a empresa?

Ao fazer essa análise, uma técnica possível, segundo o Sebrae, é juntar termos e sílabas que denotam uma característica do produto ou serviço.

Nessa hora, vale utilizar sufixos e prefixos como mini, slim, fast e extra, por exemplo.

4. Pesquise na internet

Pesquisar as ideias de nomes na internet é essencial para obter insights e identificar se já há outra empresa com a mesma denominação.

Em um artigo para a revista Forbes, Richard Harroch, diretor geral da VantagePoint Capital Partners, afirma que é necessário fazer isso uma vez que você tenha determinado um nome do qual gosta.

“Mais frequentemente do que não, você vai descobrir que alguém já está usando esse nome comercial. Embora isso não seja um fracasso total, você deve fazer uma pausa”, pontua.

5. Use o brainstorming como método

Um dos métodos mais utilizados na criação de nomes para empresas é o brainstorming.

Ele consiste em uma tempestade de ideias, em que é feita uma dinâmica de grupo.

Cada participante deve explorar suas ideias e apresentá-las ao grupo, de modo que todos possam debater a respeito das sugestões.

Uma das vantagens desse método é a geração de insights importantes que podem levar à definição do nome.

Para isso, vale fazer sessões de brainstorming com os líderes e tomadores de decisão do negócio.

8 sugestões de nomes para empresas

Outra forma de buscar inspiração é por meio de geradores de nomes online.

Essas ferramentas sugerem nomes para empresas com base em palavras-chaveque têm relação com o negócio.

Algumas opções incluem Gerador do ShopifyBusiness Name Generator da OberloGerador do Guru PME e Máquina de Nomes.

A seguir, para se inspirar um pouquinho, confira oito sugestões de nomes para organizações em três diferentes segmentos, gerados a partir dessas ferramentas:

  • Marca de alimentos saudáveis: Ímpeto Vegano, Só Saudável e Rota Leve
  • Consultoria: Growing Consultoria, 4Executive
  • Beleza: Armazém Spa, Lindora, Pêssego Spa.

Viu?

Com a tecnologia e as informações deste artigo, vai ficar bem mais fácil dar nome à sua empresa.

Depois, você pode recorrer ao Instituto Nacional de Propriedade Industrial(INPI), órgão federal que registra a propriedade intelectual de marcas.

E aí, já tem alguma ideia em mente?

 

WWW.REDESATO.COM

WWW.REDESATO.COM

 

Fontes:
Texto: blog.contaazul.com
(Por Vinicius Roveda)
Foto: Divulgação

Quer publicar um release em nosso portal? Entre em CONTATO.

Posts relacionados