Como gerir sua empresa sem sacrificar o negócio: 9 dicas para uma administração saudável e eficiente

 

Empresas que não possuem planejamento financeiro e administrativo adequados têm mais dificuldades de conquistar espaço no mercado. Executivo dá dicas para empreendedores gerenciarem melhor seus negócios.

Administrar um negócio não é uma tarefa fácil, e para que a empresa, independentemente do tamanho ou do tipo de serviço e produto que oferece, alcance o sucesso, é necessário que o gerenciamento financeiro esteja alinhado a todos os outros setores do negócio. Otimizar a utilização dos recursos, criar um planejamento financeiro e propor iniciativas sócio sustentáveis e de responsabilidade social são alguns dos caminhos que potencializam bons resultados e evitam problemas como a inadimplência.

Uma pesquisa da Serasa Experian, realizada em maio deste ano, mostrou que o número de pequenas e médias empresas inadimplentes no país é de mais de 5 milhões e 400 mil, um aumento de 6,1% se comparado ao mesmo período do ano passado. A inadimplência é um dos grandes problemas enfrentados pelas empresas, sejam elas pequenas, médias ou de grande porte. Esse problema é explicado, em sua maioria, por falta de planejamento financeiro e operacional e deficiência administrativa, como explica Valdir Piran Jr. vice-presidente do Grupo Piran, empresa de factoring, investimento e participações.

“Qualquer negócio, para ter sucesso, precisa ser bem planejado, prever resultados negativos e buscar estabelecer-se no mercado. O mercado é ferozmente competitivo, então quem não apresenta algum diferencial, possui chances muito menores de obter sucesso. Mesmo que um negócio esteja no início, se alguns cuidados forem tomados, não tem como não dar certo”, aponta o executivo.

Confira as principais dicas para gerenciar e administrar o seu negócio com segurança e eficiência:

1 – Não misture as finanças da empresa com as finanças pessoais: Muitos gestores insistem em misturar o volume de capital das contas da empresa às contas pessoais, o que pode comprometer todo o processo financeiro do negócio. Por uma questão de organização e gerência, evitar utilizar os montantes antes do tempo é a forma mais efetiva de descobrir se o negócio está sendo lucrativo;

2 – Conheça os conceitos e termos técnicos utilizados no mercado: Não dá para gerir um negócio sem conhecer como funciona o mercado. Transações financeiras, fluxo de caixa e relacionamentos de mercado exigem um conhecimento, no mínimo básico, para todo e qualquer gestor. Conceitos como faturamento, contas a pagar e receber, balanço patrimonial, investimento, fluxo de caixa e capital de giro são alguns dos termos presentes no dia a dia do empresário;

3 – Crie um planejamento financeiro adequado aos recursos disponíveis: Iniciar um negócio é um risco, porém, quanto mais seguro e planejado o negócio for, mais chances ele terá de dar certo, para isso o ideal é que haja um planejamento financeiro. Administrar o capital de giro e o fluxo de caixa e alinhar as despesas às receitas são tarefas imprescindíveis. O planejamento de metas, otimização de recursos e orientações comerciais também fazem parte de um controle operacional eficiente;

4 – Economize e otimize despesas: É preciso estar atento aos gastos desnecessários do negócio, mesmo que sejam pequenos. Não dá para fugir das despesas, porém é possível otimizá-las, de modo que a ampliação dos lucros da empresa seja preservada. Uma boa estratégia é filtrar aquilo que é verdadeiramente necessário ao negócio, o que sobrar pode ser cortado. Alinhar preço e qualidade do serviço/produto é outra dica importante, isso vale para todos os setores da empresa;

5 – Avalie os resultados, mesmo que não tenham sido os esperados: É muito comum empresários obterem lucro somente após meses de funcionamento do negócio, a maioria até desiste no meio do caminho por não conseguir obter resultados positivos dentro do período planejado. No entanto, é necessário avaliar os resultados obtidos desde o primeiro mês, porque é através destes estudos que o gestor poderá avaliar e criar estratégias financeiras, comerciais e operacionais para estabilizar o negócio. Essa tarefa leva tempo, paciência, conhecimento e em muitas situações, otimismo. Uma forma comum de se fazer isso é utilizar o Demonstrativo de Resultados do Exercício, o popular DRE;

6 – Valorize os colaboradores do seu negócio: Ninguém consegue administrar um negócio sozinho, por mais pequeno que ele seja. Para todo gestor, é necessário prestar atenção e valorizar o trabalho de cada colaborador da empresa, independente a qual setor ou hierarquia ele pertença. Ao valorizar aqueles que colaboram com a eficiência e crescimento do negócio, o gestor demonstra que para obter sucesso é preciso profissionais com diferentes habilidades e tarefas;

7 – Estabeleça metas e desafios, que possam incentivar o crescimento do colaborador e da empresa: O lucro é, afinal de contas, o objetivo de todos os integrantes de um negócio, e para alcança-lo faz-se necessário definir objetivos e estratégias e traçar metas e desafios, que estejam de acordo com a função de cada integrante. O estímulo interno e externo faz com que todos sejam valorizados e criem vontade de crescer junto com a empresa;

8 – Avalie e enfrente a concorrência: Não dá pra temer os concorrentes, eles sempre existirão, então é preciso enfrentá-los de modo legal e profissional. Para oferecer o melhor serviço e/ou produto é preciso conhecer o que o outro oferece, se ele possui algum diferencial. Dessa forma a empresa irá identificar o que precisa ser melhorado, e poderá assim tornar-se diferente e mais atraente;

9 – Crie iniciativas sustentáveis e de responsabilidade social: Atualmente, empresas e negócios que possuem em seu planejamento e atuação práticas sustentáveis e ações que visem a responsabilidade social e o respeito a diversidade têm mais chances de obter sucesso. Iniciativas que incentivem o cuidado ao meio ambiente, o consumo verde, a conscientização e valorização do profissional e o crescimento interpessoal são algumas dessas iniciativas que diferenciam umas empresas de outras.

WWW.REDESATO.COM

WWW.REDESATO.COM

 

Fontes:
Texto: Objetiva – Assessoria de Imprensa
(Por Thiago Melo)
Foto: Divulgação

Quer publicar um release em nosso portal? Entre em CONTATO.

Posts relacionados