Empreendedores superam dívida de R$ 200 mil e faturam R$ 2 milhões com sobremesas extravagantes

Com conceito aprovado pelo público, Mansion XV lança franquia com 30% de margem de lucro .

Com outro negócio indo de vento em popa, dois jovens empreendedores assumiram o risco de contrair um empréstimo de R$ 200 mil para abrir um café bistrô no Tatuapé, zona leste de São Paulo. Nos dois primeiros finais de semanas conseguiram o capital de giro e, em quatro meses, saldaram a dívida. Com sobremesas de dar água na boca, a Mansion XV (“Mansão 15” em português – www.mansionxv.com.br) foi inaugurada no final de 2016 e, em seu primeiro ano, fecha na casa dos R$ 2 mi e começa a expansão pelo franchising.

Os criadores Werickson Costa (29) e Lucas Paixão (25) são cunhados, conhecem-se há mais de 10 anos e são sócios há três. O primeiro negócio da dupla foi uma paleteria que, após seis meses de portas abertas, começou a dar prejuízo. Foi a hora de reinventar o negócio e permitir que os clientes escolhessem a base da sobremesa e colocassem a paleta por cima – hoje a marca segue dando lucro. Com o sucesso, tiveram a ideia da Mansion XV: uma cafeteria, sorveteria e bistrô que oferece salgados e sobremesas extravagantes.

Uma das atrações da casa são as taças de sobremesa que trazem uma fatia de bolo em cima, ideais para compartilhar. Prova disso é que no último Dia dos Namorados foram vendidas 1000 unidades em espaço que abriga em torno de 130 pessoas. Com a boa receptividade dos clientes e os pedidos para abrir outras unidades nas pesquisas de satisfação, resolveram aderir ao franchising.

Os franqueados não precisam ter experiência com o ramo de gastronomia, recebem treinamento e contam com visitas periódicas às unidades e suporte. “Passei por uma experiência negativa com uma rede de franquias que deixou a desejar no suporte e acompanhamento dos franqueados e não queremos repetir a história. Por conta disso, a princípio, o foco de expansão é na região Sudeste, em bairros que possuam o mix de comércios e residências, como o Tatuapé”, conta Werickson.

Outra vantagem da franquia é a alta margem de lucro, em média de 30%, pois não há desperdício de matéria-prima – as mesmas 8 bases são utilizadas em cerca de 40 produtos. “Isso pode aumentar até 5% se tiver uma data comemorativa ou feriado no mês”, diz Lucas.

Não à toa, o perfil do franqueado da Mansion XV exige estar disposto a trabalhar aos fins de semana. O faturamento médio dos franqueados é previsto em R$ 100 mil mensais, o investimento inicial total – incluídos taxa de franquia, capital de giro e infraestrutura – é de R$ 350 mil e o payback é estimado antes do 2º ano.

Mansion XV

 

Sobre a Mansion XV

Café bistrô inaugurado em outubro de 2016 por Werickson Costa e Lucas Paixão. A casa fica no bairro do Tatuapé (Rua Itapeti, 258), zona leste de São Paulo, e oferece sobremesas extravagantes à base de chocolates famosos, sorvetes, bolos e brownies, além de cafés especiais e salgados brasileiros e franceses. Com previsão de fechar o primeiro ano com faturamento na casa dos R$ 2 mi, em 2017 aderem ao franchising. www.mansionxv.com.br.

press works

 

 

Fontes:
Texto: Press Works
(Da Redação)
Foto: Divulgação

Quer publicar um release em nosso portal? Entre em CONTATO.

Posts relacionados