Inovações no food service aproximam cada vez mais marcas e consumidores

 

No segmento que fatura centenas de bilhões por ano, priorizar a experiência do cliente é essencial para os negócios do meio.

Em um mercado que faturou R$ 205 bilhões em 2018, soluções que visam estreitar o relacionamento do consumidor com o segmento de food service enchem os olhos de quem está inserido nesse meio. Dados que endossam a afirmativa não faltam. O setor de alimentação, a ‘menina dos olhos’ do franchising, por exemplo, que segue há anos na liderança como o setor de maior faturamento, tem buscado investir em novidades, seja por meio do lançamento de novos modelos de negócios e produtos, ou provocando experiências para lá de inusitadas e que se conectam cada vez mais com o consumidor.

Iniciativas nesse sentido chamam atenção do mercado. E pudera: a expectativa do food service até 2022 é conquistar o faturamento de R$ 527,5 bi, segundo projeções da Euromonitor International. Portanto, mais do que oferecer um produto de qualidade, vai ser preciso investir pesado na experiência do consumidor. Atento a isso, a Boali, maior de rede de alimentação saudável do Brasil, promoveu o primeiro Hackathon Boali, evento inédito que reuniu um time de empresários do setor e jovens estudantes de tecnologia para avaliar e validar projetos de inovação para o mercado. Os participantes, acompanhados de 20 mentores das mais diversas áreas, tais como P&D, criação, desenvolvimento e programação, desafiaram-se durante 34 horas ininterruptas para apresentar soluções criativas para o food service. Ao final, nove projetos apresentados e julgados por um time de seis jurados.


midhaz

As ideias foram das mais variadas, como um AppWeb em que pais podem comprar ou reservar a alimentação dos filhos durante o período escolar, uma plataforma de geolocalização que conecta pessoas interessadas em alimentação saudável e que trocam benefícios entre si por meio da compra de produtos da rede ou, um app de fidelização, que disponibiliza descontos em horários estratégicos e alivia a pressão do atendimento do balcão ao viabilizar um takeout agendado. A melhor delas, na avaliação do jurados, foi um projeto capaz de aumentar a fidelização do cliente e entregar uma experiência de preorder digital o mais próximo possível da realidade. Os idealizadores de todos os projetos foram selecionados para o Acelera Startup Fiesp, que acontece em novembro.

“Foram 50 participantes e uma incubadora de ótimas ideias. Somos a primeira rede de food service a promover um evento desse porte, que teve por objetivo provocar soluções que tragam eficiência para operação, diminuir o tempo de atendimento, melhorar a performance dos colaboradores e traquear o sistema de supply. Agora, seremos também os pioneiros em dar o feedback para cada projeto vencedor, de forma ajudar a equipe se preparar para ir ao Acelera Startup Fiesp”, declara Rodrigo Barros, CEO da rede.

Para o presidente da Associação Brasileira de Franchising, André Friedheim, um dos que compunham a banca avaliadora, o Hackathon foi uma oportunidade fascinante para se descobrir novas soluções práticas e efetivas para o mercado de food service. “Conhecendo os desafios de toda a cadeia de alimentação no Brasil, tenho certeza de que muitas das criações são escaláveis e se encaixam perfeitamente em diversos players, principalmente aqueles que operam com franquias e tem, no desafio constante de relacionamento com a rede e de melhoria de resultados do time de franqueados, os seus principais desafios”, ressaltou.

Além do presidente da ABF e do CEO da rede, o time de seis jurados era composto pelo diretor de expansão da Boali, Victor Giansante, o diretor a frente do programa Acelera Startup Fiesp, Sylvio Araújo Gomide, Rafael Silva, do ChefsClub, e Célio Antunes, presidente do Grupo Educacional Impacta Tecnologia.

Sobre a Boali

A mistura das palavras boa e alimentação deram origem a identidade da Boali, rede de franquia que tem por essência oferecer opções saudáveis para as refeições do dia-a-dia. Empresa 100% nacional e presente em nove estados do Brasil, com mais de 30 unidades, traz aos clientes um mix de produtos, que vai da pista com mais de 32 ingredientes frescos e secos, além de oito opções de molhos e proteínas para acrescentar à montagem da salada, o carro-chefe da operação, até crepes, wraps e bowls, além de sobremesas e sucos. Mais informações: www.boali.com.br

 

WWW.REDESATO.COM

WWW.REDESATO.COM

 

Fontes:
Texto: Markable Comunicação
(Por Marcia Cristina)
Foto: Divulgação

Quer publicar um release em nosso portal? Entre em CONTATO.

Posts relacionados