Desromantizando o Empreendedorismo – O que é preciso para o negócio dos seus sonhos dar certo?

chlorophylla

Especialistas esclarecem os principais pontos que os empreendedores devem levar em consideração ao investir. 

Empreender no Brasil não é tarefa fácil. Com a popularização das startups, muitos ainda romantizam o empreendedorismo e acreditam que é um caminho rápido a ser percorrido até alcançar o sucesso. Para esclarecer as principais dúvidas dos jovens sobre o tema, Fernanda Caloi, Gerente de programas do Google for Startups no Brasil e Paulo Tenório, Fundador e CEO da Trakto.io abordaram em um bate-papo sobre empreendedorismo os principais pontos que quem quer empreender deve levar em consideração ao criar e planejar um investimento.

O primeiro ponto que Paulo Tenório aborda é o mito de que todo empreendedor deve ter dinheiro disponível para começar um negócio, “Isso é um engano muito comum que acaba impedindo os empreendedores a seguirem com suas ideias. Os negócios começam com conceitos e propostas de soluções. Criamos negócios para o futuro e não para o agora. Muitas vezes, vemos pessoas criando negócios para o que é sucesso hoje, mas muitas vezes o que é sucesso hoje, não será daqui há cinco ou sete anos. Precisamos olhar para frente”. Segundo ele, há uma inquietude no jovem que olha para o mundo e vê questões a serem resolvidas, então é preciso pegar esse sentimento e aplicar em possíveis resoluções daqueles problemas.

De acordo com Paulo, a pressão também tem um papel positivo para o desenvolvimento pessoal e profissional.  “As dificuldades para o jovem também formam o empreendedor dentro dele. O que separa o negócio que ele vai construir desse início, é a persistência. A arte de persistir, insistir, de ser chato, de batalhar e ir se aplicando todo dia. Onde tem dificuldade, tem potencial, e foi isso que me transformou. Comecei minha carreira no CPD (Centro de Processamento de Dados) da Faculdade para ajudar minha família. Talvez se eu tivesse tido muito acesso ou possibilidades de forma mais fácil, eu não teria me tornado o empreendedor que sou hoje”.

Para quem se pergunta, como saber se uma ideia pode se tornar um negócio, Fernanda Caloi responde, “É preciso ver o alinhamento da ideia com a pessoa que está executando. É um problema que você passa na pele? Procure no seu dia a dia coisas que acha que são ineficientes e você acredita que tem uma maneira melhor de fazê-las. Foi assim que foram criados os aplicativos e soluções que utilizamos hoje. A ineficiência das coisas é o que nos faz resolver problemas com rapidez”. Fernanda também reforçou que durante a pandemia os programas do Google para startups no Brasil estão sendo realizados remotamente, mas que no site campus do Google tem muitas informações para quem quer se aprofundar no tema.

Para aqueles que não sabem por onde começar, Fernanda explica, “Comece pelo inglês. Isso vai abrir sua cabeça e possibilidades. Hoje em dia é possível aprender inglês via app e até WhatsApp! Você se conecta com o resto do mundo, amplia o seu acesso a materiais que estão disponíveis e consequentemente o seu conhecimento e pode ver o que está sendo feito no mundo todo”. Paulo concordou com a dica e afirmou que graças a segunda língua ele conseguiu evoluir profissionalmente, “O inglês pode ser a camada que te separa da sua vida hoje com a que você quer no futuro. O inglês vai além dos EUA. É uma linguagem global e depois que você entendê-la vai ver que é um idioma mais fácil que o português”.

Outro ponto que Paulo reforçou é a importância das experiências e dificuldades para a construção de uma trajetória de sucesso. “Muitas vezes as pessoas passam por empregos que não são os dos sonhos ou então que pensam que não vão somar para a carreira que estão buscando, mas é ali que a pessoa aprende uma habilidade necessária, para ter a base de um negócio. Toda experiência conta”. Outro fator que não deve ser generalizado são as dificuldades que cada um tem em sua vida privada, no entanto, Paulo acredita que é possível transformá-las em oportunidades, “A fome é a medida da vontade de comer. Tem muitas histórias interessantes de pessoas que vieram do nada e hoje possuem negócios que são líderes mundiais. É preciso ter resiliência e se esforçar para fazer acontecer. Mais que um desejo de sucesso é preciso ter propósito”.

O CEO da Trakto.io reforça a importância de não ter uma perspectiva fantasiosa sobre o que é sucesso, “Muito cuidado com essa impressão de que alguém tem sucesso, por mostrar seus bens nas redes sociais. É importante fazer planos de longo prazo por etapas. O que quero conquistar em seis meses, cinco anos, 10, 30 anos. É uma jornada longa e a persistência é a chave”.

Fernanda Caloi e Paulo Tenório participaram do webinar “Saber, Querer e Fazer”, um dos eventos que fizeram parte da 22ª Jornada de Trajetórias de Vidas, realizada pela Fundação PoliSaber com o apoio do Cursinho da Poli e o patrocínio do Itaú Educação e Trabalho. O evento teve como objetivo auxiliar o jovem a decidir seu futuro com base nas falas e experiências de profissionais de diversos segmentos.

O conteúdo está disponível no link: https://www.youtube.com/watch?v=RjxmXCioZ-s .

fornecedores vip brasil


Veja também (Amostra Grátis para Saúde):


. Cabelos
. Queima de Gordura
. Articulações
. Qualidade do Sono
. Menopausa

. Aumento de Imunidade
Diabetes
Antiestresse/Felicidade
Hipertensão
Articulações/Inflamações
. Dedempenho Sexual Masculino

 

Fontes:
Texto: Press Relations
(Por Elen Andrade)
Foto: Divulgação

Quer publicar um release em nosso portal? Entre em CONTATO.

Posts relacionados